Análise de Campo de Forças

Esta é uma ferramenta que sempre uso, seja dentro dos meus projetos individuais ou ao trabalhar com grupos. É interessante como nós seres humanos temos uma capacidade incrível de medir o impacto das nossas ações através de um julgamento emocional e intelectual. É definitivamente útil para nos ajudar a estabelecer prioridades e a identificar forças e fraquezas.

A análise do campo de força é um estudo inicialmente desenvolvido por Kurt Lewin, um renomado pesquisador no campo das Ciências Sociais. No desenvolvimento de projetos, utilizamos esta ferramenta para diagnosticar as mais diversas situações, e promover a otimização dos resultados.

Ele escreve: “Uma cultura não é um quadro pintado; é um processo vivo, composto de incontáveis interações sociais. Como um rio cuja forma e velocidade são determinadas pelo equilíbrio daquelas forças que tendem a fazer a água fluir mais rápido, e fricção que tende a fazer a água fluir mais lentamente, o padrão cultural de um povo em um determinado momento é mantido por um equilíbrio de forças contrárias “. (Lewin, K. 1948. Resolving Social Conflicts, p.46.)

A análise do Campo de Força atua de forma que cada situação possa apresentar forças empoderadoras e forças de dependência, e a forma como podemos equilibrar estas forças, atuando de forma a potencializar as forças empoderadoras e diminuir a atuação das forças de dependência. Trabalhamos também com questionamentos onde iremos refletir sobre a situação atual, e verificar como tornar esta situação realizável.

Vamos Iniciar o processo:

Análise do Campo de Força

Acompanhe os passos abaixo junto ao diagrama em anexo.

Passo 1: Defina sua situação atual. (O Problema, o Dragão) – Descreva o problema que você esta enfrentando, e que deseja encontrar uma solução.

Passo 2: Defina o seu objetivo (Resultado Esperado) – Descreva de forma sucinta, como seria o resultado esperado da solução deste problema. A melhor forma para que você se sinta plenamente satisfeito.

Passo 3: Identifique todas as possíveis forças impulsionadoras – Faça uma lista das possíveis forças impulsionadoras que podem lhe auxiliar neste processo.

Passo 4: Identifique todas as possíveis forças contrárias – Faça uma segunda lista com as forças contrárias que podem prejudicar ou interferir no desenvolvimento deste processo.

Passo 5: Análise as forças, concentrando-se em:

  • Redução das forças contrárias de resistência
  • Fortalecimento ou adição de forças impulsionadoras e favoráveis ao processo.

Passo 6: Desenvolva um plano de ação para atender os itens acima – O Plano de ação deve ser algo pratico, e que você possa iniciar sem dependência de terceiros, e que possa apresentar um resultado positivo para você e o meio no qual você convive. Toda mudança provem da ação. Se criarmos um plano de ação ágil, teremos um índice muito maior de mudança. Vale a pena considerar os critérios SMART para definir os objetivos na hora de elaborar um plano de ação. Isto é, os objetivos devem ser específicos, mensuráveis, alcançáveis, realísticos e temporais.

Um exemplo de aplicação à vida real:

campo de força

Perguntas Geradoras

Aqui vão algumas perguntas geradoras que podem nos ajudar a realizar este exercício com eficiência:

Onde estamos agora?
Onde queremos estar?
O que vai acontecer se não chegarmos lá?
Quais são as forças  para essa mudança?
Quais são as forças  contra essa mudança?
Quais são as forças mais fortes a favor e contra a mudança?
A mudança é viável?
Qual será o impacto de mudar e não mudar?

Algumas Dicas

Alguns fatores, nos quais você precisa de certeza absoluta para tomar uma boa decisão, não se encaixam bem nessa abordagem. Considerações que afetam a saúde e a segurança das pessoas, por exemplo, não são adequadas para a Análise de Campo de Força. Certifique-se de lidar com isso de maneira apropriada, seja qual for o resultado de sua análise.

Não subestime quanto trabalho uma Análise de Campo de Força pode envolver. Usamos um exemplo simples aqui, mas haverá muitos fatores que você precisará considerar para decisões e alterações complexas.

Tenha em mente que, enquanto a Análise de Campo de Força o ajuda a entender o impacto de diferentes fatores em sua decisão ou mudança, isso pode ser bastante subjetivo.

Resumo

A análise de campo de forças ajuda você a pensar nas pressões a favor e contra uma decisão ou uma mudança. Foi desenvolvido por Kurt Lewin.

Para realizar uma análise de campo de força, descreva seu plano ou proposta no meio de um pedaço de papel ou quadro branco. Em seguida, liste todas as forças para alteração em uma coluna no lado esquerdo e todas as forças contra alteração em uma coluna no lado direito.

Marcar cada fator e somar as pontuações para cada coluna. Você pode então decidir se quer ou não avançar com a mudança.

Alternativamente, você pode usar sua análise para pensar em como você pode fortalecer as forças que apóiam a mudança e enfraquecer as forças que a opõem, para que a mudança seja mais bem-sucedida.

Partes Retiradas e Adaptadas de CoachingSP

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *